peaia

Através de proposições, exercícios e meditações ritmadas, desenvolvemos uma inteligência sensível, orgânica; e assim nos alinhamos convidando o corpo, as emoções e as sensações a se moverem em harmonia.
Buscamos despertar nossos sentidos e desenvolver nossas percepções sutis, muitas vezes camufladas pela exacerbação de nossa experiência visual. Vivemos um estado de esquecimento constante que nos faz ter uma resposta reativa e pouco criativa com relação aos acontecimentos da vida.

BENEFÍCIOS DA PRÁTICA

• Desenvolvimento dos sentidos
• Mais sensibilidade com o corpo e contato com as emoções
• Maior vitalidade e disposição
• Aumento do nível de presença e atenção
• Expressão mais honesta da interioridade
• Aumento do senso de relaxamento e paz
• Conhecimento de outras partes de si
• Desenvolvimento da autoconfiança e autoestima
• Amadurecimento na relação com o medo

A IMPORTÂNCIA DE UMA RELAÇÃO COM O MEDO PARA NOSSO AMADURECIMENTO

O medo é um dos grandes reveladores de nossa realidade, pois necessariamente nos convida a distinguir o que é mero discurso, utilizado pela personalidade para se esconder de seus desafios, e as nossas reais capacidades frente a uma relação ou situação que nos convide a ser para além do que conhecemos.

Convidando o corpo, as emoções e as sensações a participarem novamente da experiência do medo enquanto uma capacidade criativa, ganhamos com isso uma dimensão palpável de nossas reais possibilidades.

O medo é um agente do tempo em nossa alma, um cuidador que constantemente lembra o valor da vida, que incessantemente passa. O medo é parte integrante da capacidade de reconhecimento de si e vir a ser frente ao mundo, pois participa regulando nossa disponibilidade na perspectiva de permitir um movimento de renovação necessário à vida. A melhor maneira de lidar com o medo é acordando nossa antiga inteligência instintiva.

Nosso processo de educação nos aliena de nossa natureza instintiva, o que faz com que nossa alma se despotencialize, tornando muito propício o envolvimento inconsciente e inconsequente com os estímulos do mundo. O instinto representa o primeiro guia para a consciência, pois é amigo das necessidades, polo essencial que, de forma saudável, nos convida a nos realizar através da elaboração de desejos.

É do equilíbrio do medo com o amor que nasce o cuidado.

Marque uma aula experimental gratuita e conheça a prática.

Toda terça-feira, de 7h30 às 9h, Botafogo – RJ

Mensalidade: 220 reais.

Clique aqui e veja nossa agenda!